Série Reuniões em Inglês - Agora é a hora de se aprofundar no tema e sair na frente nas reuniões

Incremente sua carreira, tenha um vocabulário mais amplo, treine suas habilidades e ganhe confiança para que suas reuniões sejam ainda mais assertivas. Nós já falamos aqui sobre como você pode usar inclusive suas dificuldades para ganhar consistência e desenvoltura na língua. Precisa de ajuda? Então, é hora de conhecer nossa mentoria!


Nós passamos o mês inteiro falando sobre reuniões por aqui, né? Ô tema que rende, vou te contar! E sabe por que? Porque, além de demandar a desenvoltura com a língua, ele também nos exige emocionalmente! Queremos ser aceitos, aprovados, que nossas ideias sejam acolhidas. Então, queremos nos sair bem nas reuniões em inglês. Por isso, é natural ficar nervoso, ter os famosos brancos ou não acompanhar direito o raciocínio que está sendo exposto por outra pessoa.

Por isso, já falamos aqui sobre as situações mais estressantes vinculadas a reuniões em inglês e como superá-las (link), sobre 3 maneiras de encarar as reuniões para te levar a um outro nível de inglês (sim, é possível USAR as reuniões como uma ferramenta de aprendizado, veja aqui - link), e quais as dicas para ampliar seu vocabulário para se sair cada vez melhor (pega as dicas aqui - link).

O lado emocional das reuniões em inglês

A gente sabe o quanto pode ser difícil colocar tudo isso em prática sozinho, especialmente pelo que falamos lá em cima: não é APENAS a língua que pode se tornar um obstáculo para suas reuniões, mas o seu emocional, também. Então, ter uma ajuda para organizar tudo isso pode ser fundamental e inclusive diminuir consideravelmente os níveis de estresse envolvidos.

E como a gente faz isso? Ajudando você a:

  1. Entender seus objetivos com o inglês;

  2. Conhecer realmente seu nível de inglês, com foco no seu objetivo;

  3. Traçar estratégias para chegar no nível que você precisa;

  4. Observar quais são as suas maiores dificuldades com a língua e com as situações em que precisa usá-la;

  5. Possibilitar que você mesmo se conheça e traduza essas dificuldades em novos objetivos a serem alcançados.

Por que usar a mentoria?

Porque, na maioria das vezes, estamos tão envolvidos com o problema, que não conseguimos encontrar a solução. E ela pode ser muito mais simples do que a gente imagina. Então, ter ajuda para encontrar as melhores ferramentas, descobrir nossos medos e organizar objetivos pode, sim, ser a melhor saída. Quer saber mais sobre como funciona a MENTORIA? Mande uma mensagem e a gente conversa!

E nos acompanhe lá no Instagram, tem conteúdo no IGVT que pode ser bem útil para você! Conta pra gente, depois!

1 visualização